domingo, 28 de julho de 2013

Q

Tava rindo alto e conversando no estacionamento do supermercado com amiga A., daí vi meu ex-marido (se é ex, não é meu) com a nova namorada. Dei uns 15 longos passos pra trás, porque né?!

Pensei em mandar um SMS: "acabei de ver você com a namorada, que bacana!", mas aí eu tive um lapso de bom senso.

Como foi esquisito isso. Cadê dispositivo "to cancel this sunday press this button"?

PS: você não me lê, mas eu quero que você seja feliz, porque meu choque foi um tiquinho egoísta mas eu tô feliz e tá tudo bem agora.

domingo, 29 de abril de 2012

Eu que abandonei o blog, o Facebook e o Twitter (esses dois últimos gradualmente por pura aversão a babaquice, caralho, como as pessoas estão chatas!! Se acham engraçadonas repetindo meia dúzia de memes idiotas, ainda estão na quinta série, me falem onde e quando vocês são realmente interessantes?), me pego escrevendo aqui de novo.

Isso aconteceu porque mais de dez vezes comecei a escrever à mão em bloquinhos e cadernos parágrafos inteiros. Ou seja, não tenho controle algum. Sendo assim, prefiro não deixar provinhas materiais. A Ligia fez isso, a Ligia escreveu aquilo, a Ligia pensa aquilo outro. Não, pra vocês pessoas da minha vida prática que podem encontrar meus primeiros parágrafos no caderno do trabalho ou no bloquinho do telefone, a Ligia não pensa nada de especial. Imagina se eu morro, não quero ninguém tentando me decifrar.